5 de novembro de 2017

CALAI-VOS Ó VENTO



Calai-vos ó vento norte
Deixai as aves passar
As aves voam para o sul
E os rios correm para o mar.

Quando sigo o meu caminho
Me sinto a levitar
Por vezes sopras mansinho
E outras me vens derrubar.

Quando eu sei que vem chegando
O dia da minha morte
Será que vem numa ave
Calai-vos ó vento norte.
  
Se eu pudesse eu pintaria
As noites todas de azul
Para que as aves de dia
Voassem todas para o sul.

Sempre quando escuto o vento
Me lembra um cão a uivar 
As aves correm para o sul
E os rios correm para o mar.


                                                     
Enviar um comentário